sábado, 21 de junho de 2014

Cromos do meu baú 182 - A falta de água nos anos 70

Quando chega o Verão e os dias de muito calor, lembro-me sempre das muitas vezes em que faltava água em Lisboa, quando eu era criança. Recordo-me de andar a pé um bom bocado, com a minha avó, para buscar água a uma bica. E também de carregar com grandes jarrões de plástico azuis e bidons deste género, como o que aparece aqui na imagem, e ficar na fila para os encher, quando vinha um carro de bombeiros para abastecer a vizinhança.

6 comentários:

  1. Lembro-me disso, mas depois os meus pais fizeram um tanque de água de reserva e foi o máximo!
    Eu mal podia com essas cenas livra-se!!! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um tanque de reserva deve ter sido o máximo!

      Eliminar
  2. Ui, lembro-me tão bem! E nos 80 também... Lá em casa havia um depósito Lusalite, para desenrascar, mas para beber tínhamos mesmo de ir à fonte do bairro.

    ResponderEliminar
  3. Tempos idos, memórias frescas, lembranças.

    ResponderEliminar

Depósito de flores