domingo, 9 de outubro de 2016

Mais uma estrela no céu


O meu tio partiu para outra dimensão. De uma forma tão rápida e inesperada que ainda estamos todos a tentar aceitar a sua partida.
E eu agarro-me ao que posso, para minimizar a perda e recordo um dos textos mais bonitos que li na cerimónia fúnebre de outro familiar:
 
A morte não é nada!
Eu somente passei para o outro lado do caminho.
O que eu era para vocês, continuarei a ser.
Dêem-me o nome que sempre me deram,
Falem comigo como sempre fizeram, sem nenhum traço de sombra ou tristeza.
Não utilizem um tom solene ou triste, continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos.
Rezem, sorriam, pensem em mim. Rezem por mim.
Eu não estou longe, estou apenas fora da vossa vista, do outro lado do caminho.
 

4 comentários:

  1. Obrigada por este belo texto dedicado ao nosso querido tio. Fica gravado no nosso coração e com ele eternamente

    ResponderEliminar
  2. Como diria Guimarães Rosa: As pessoas não morrem, ficam encantadas!...
    Assim como seu texto, leve e lindo que sejam os pensares ;-)

    Abraços =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Nadine pelas suas palavras! Um beijinho

      Eliminar

Depósito de flores