quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Se a vida te dá laranjas...

... faz laranjada. Ou então faz antes um bolo de laranja. Recebemos cá em casa muitas laranjas biológicas só tratadas com sol e água. Já distribuímos por família e amigos mas ainda assim temos muitas e uma das formas de as aproveitar foi fazer um bolo de laranja. Ficou óptimo!




Fotos de Alexandra Sousa

Azulejos da Estação do Pragal

Há dias mostrei-vos aqui os azulejos da estação de Campolide, bem giros por sinal. No entanto, quando cheguei à outra margem, dei com estes azulejos na estação do Pragal. Confesso que é uma forma de arte que não aprecio, porque olho e não percebo nada, não encontro harmonia. Foram inspirados na obra "Peregrinação" de Fernão Mendes Pinto e são da autoria do artista plástico José Santa Bárbara. O artista que me perdoe mas não fiquei fã.







Fotos de Alexandra Sousa

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Os meus amigos estão a começar a ser avós

Hoje estou numa de reflexões mas a vida não pára, o tempo passa e acontecimentos recentes fazem com que fale disto. Em poucos meses, quatro amigos meus foram avós. O mais recente foi esta semana. E isso mexeu um pouco comigo porque me senti quase um pouco tia-avó. E dei conta de que já estou numa idade em que vejo os filhos dos meus amigos (que conheci em pequenos) a serem pais. Ai!! Socorro!!! Dá para o tempo andar um pouco mais devagar ó fachavor?
Por outro lado vejo todos estes novos avós com um ar muito jovem, anos-luz da imagem que tínhamos dos avós doutros tempos e isso dá-me sempre ânimo e penso que ainda estamos aqui com tanto para viver!


Deixar os filhos voar

Sempre disse que sou mãe galinha assumida. Mas esforço-me bastante para descolar as asas e libertar um pouco o meu pintainho. Cada dia que passa vou fazendo isso aos poucos, sabendo que ele tem que que sair e conhecer o mundo com os seus olhos, à sua maneira. Vamos fazendo isso aos poucos, sem sobressaltos e é um orgulho vê-lo crescer e já ser tão mais alto do que eu que já quase não cabe debaixo das minhas asas. Mas por mais pequenas que as minhas asas sejam para o seu tamanho, estarão sempre abertas para o receber. Um amor incondicional e inexplicável.


terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Fonte amarela

Há recantos fantásticos na minha cidade. Esta fonte fica mesmo junto ao Hospital D. Estefânia. Achei o máximo!


Fotos de Alexandra Sousa

Mudança de visual - Parte 1

Como sabem não sou muito de me mostrar mas desta vez resolvi mostrar um pouco porque a artista merece e não sou eu. É a minha cabeleireira. De há uns dois anos para cá o meu cabelo não é carne nem é peixe, deixou de ser mais liso e passou a ser mais encaracolado. Mas não o suficiente para lhe dar forma. Andava sempre com o cabelo apanhado porque não conseguia fazer nada dele. Já tinha falado com a Alessandra Gonga (minha cabeleireira) de que gostaria de fazer um alisamento daqueles que tanto se fala. Mas por falta de oportunidade e tempo, nunca chegava a fazer. Depois há a questão dos brancos. O meu cabelo cresce muito rápido e num instante volto a ter a famosa risca branca das raízes. Falámos em fazer umas madeixas para disfarçar mas resolvemos ir por partes. Nada me vale fazer madeixas para depois continuar a ter um cabelo que não consigo que tenha ar de penteado. Então resolvemos começar com o alisamento. Trata-se de um alisamento progressivo orgânico, livre de agentes potencialmente cancerígenos. É uma opção segura e eu não poderia ter saído mais satisfeita. O alisamento deixa o cabelo ligeiramente mais claro, por isso daqui a uns dias é que vamos ver a questão da cor e das madeixas. Por agora continuo com a minha raiz branca mas ao menos estou sempre penteada! E dura mais ou menos 6 meses!!!

Espreitem outros trabalhos da Alegonga Cabeleireiros no facebook. Fica na Av. de Roma n.º 116 A.

Cheguei lá assim

No final da primeira etapa (limpeza do fio)

Alessandra & Alexandra :)

O resultado final

Mesmo como eu queria

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Coisas que eu vejo por aí 99 - Paragem aquário

Estava eu à espera de autocarro no Parque das Nações quando de repente olhei para cima e vi o original tecto da paragem. Senti-me logo no mundo do Nemo e da Dory.



Fotos de Alexandra Sousa

Valorizar

Há uma tendência generalizada para dizer mal. Mas poucas vezes se diz bem. Vamos mudar isso? Vamos ser diferentes e em vez de deitar a baixo, vamos valorizar as qualidades das pessoas?


domingo, 19 de fevereiro de 2017

Lisboa, cidade dos azulejos #27 - Estação de Campolide

Foram poucas as vezes que andei no comboio que atravessa a ponte 25 de Abril, mas recentemente tive que ir ao Pragal e parti da estação de Campolide. E nunca tinha reparado nestes painéis de azulejos. As imagens foram captadas à pressa porque o comboio estava a chegar mas ainda assim dá para ver esta obra de Eduardo Nery.





Fotos de Alexandra Sousa

Mural de Apoio à Vítima

Andar por Lisboa é sempre uma constante descoberta. Na rua de D. Estafânia, mesmo junto ao hospital, descobri recentemente este mural. Trata-se de um mural que assinalou os 25 anos da APAV - Associação de Apoio à Vítima.



Fotos de Alexandra Sousa

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Tanto para fazer em dois dias

Ao fim de semana quero passar tempo com a família, estar com amigos, ver filmes, ver séries, organizar fotografias, cozinhar, fazer exercício, passear, ler, ouvir música, fazer compras, passar a ferro, lavar roupa, organizar roupa e mil e uma outra coisas. Também vos acontece? Claramente que dois dias são insuficientes. Hoje já fiz algumas coisas mas já só tenho amanhã para aproveitar. Não dá para esticar os fins de semana mais um pouco? 


Música para ouvir no fim de semana - Será amor

Aqui fica a minha sugestão para banda sonora deste fim de semana. Admiro muito o César Mourão como actor e é com satisfação que vejo (oiço) que tem boa voz. Adoro esta música, um dueto do César com Luana Martau, que serviu de banda sonora para o remake do filme "A Canção de Lisboa".


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Ler Devagar

A livraria Ler Devagar não é um espaço qualquer. É uma das livrarias mais incríveis do mundo, localizada na Lx Factory, nas antigas instalações de uma gráfica (as máquinas ainda lá estão). Tem restauração e convida a estar e a ler devagar... Um sítio ideal para visitar ao fim de semana. Aqui fica a sugestão.







Fotos de Alexandra Sousa

De novo na LX Factory

Já aqui falei algumas vezes da Lx Factory e já aqui publiquei várias fotos. Mas sempre que lá volto encontro sempre mais algum foco de interesse. Aqui ficam mas algumas imagens.




Fotos de Alexandra Sousa

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Coisas que eu vejo por aí 98 - Campo Pequeno em miniatura

Tive que ir tratar de uns assuntos de trabalho no edifício da Câmara Municipal de Lisboa, no Campo Grande e encontrei esta maqueta do Campo Pequeno. Para mim é um dos edifícios mais bonitos de Lisboa e a maqueta está uma perfeição.

Foto de Alexandra Sousa

Brincos novos

Este não é um fashion blog mas desta vez resolvi mostrar-vos os brincos que comprei nos saldíssimos da Parfois. Há pouco tempo dei uma volta na caixa dos brincos e deitei fora uns que estavam sem par, outros que tinham pedras partidas, enfim, os que já não prestavam. E estava a precisar de renovar o stock. Comprei estes cinco pares pelo preço de um e fiquei contente com a compra.



Fotos de Alexandra Sousa

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

É diferente mas é um limão

Este limão é diferente do que estamos habituados. Mas não deixa de ser um limão por causa disso. Este pode ser um bom exemplo para mostrar como devemos ser tolerantes com as diferenças.

Foto de Alexandra Sousa

Pão de todas as cores

Estes pães vieram da pastelaria da minha amiga - Encontros do Grão Coffee, que fica em Almada. Pude comprovar que os pães são óptimos e o meu preferido foi o verde (não sou Sportinguista por acaso)! Ora tentem lá agora adivinhar qual é o ingrediente de cada um que lhes dá a cor.

Foto de Alexandra Sousa