sábado, 12 de setembro de 2015

Contraste

Quando fiz a viagem de comboio pelo Douro, captei esta imagem. Lado a lado dois comboios que não podiam ser mais diferentes. De um lado as carruagens históricas e do outro carruagens mais actuais todas grafitadas. Sinais dos tempos.

Foto de Alexandra Sousa

6 comentários:

  1. Os tempos são como a sociedade. Têm as costas largas para carregar o fardo da irresponsabilidade coletiva e da selvajaria em que o mundo se está a transformar.
    São sempre "os tempos" e a sociedade os culpados de olharmos para baixo, como se nada tivesse mais importância do que o nosso umbigo... :/

    ResponderEliminar

Depósito de flores