sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Comida artística

Ora hoje vamos falar de outras coisas, para não enjoarem o tema de Nova Iorque (e eu ainda tenho tanta coisa para mostrar...). Fui há pouco tempo a um baptizado, onde o almoço estava repleto de surpresas. A arte com a comida era uma delas. Um castelo de abóbora, pinguins feitos com curgetes com olhos de feijão frade, havia de tudo. Há quem goste e há quem não goste, mas que é preciso mãos de artista, não restam dúvidas. Fica só aqui uma ideia. 






Fotos de Alexandra Sousa

6 comentários:

  1. Acho que realmente são necessárias mãos de artista, ficaram muito giros! É pena é depois não se poderem comer!
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, o que eu não gosto destas coisas é estragar-se comida.

      Eliminar
  2. Eu admiro arte. Arte em alimentos também.
    Mas estranho um pouco é o uso de alimentos para fins decorativos e não degustativos.
    Prefiro quando os dois se "casam".
    FRUTAS, como melancias, melões, etc... podem ser esculpidos de formas maravilhosas e ainda servirem de alimento. Quem vai comer corgette ou um pedaço de cenoura decorativa? Espero que depois lavem essa abóbora muito bem, essas corgetes e façam uma sopa :)

    ResponderEliminar

Depósito de flores